O Dia Internacional do Celíaco, é comemorado anualmente a 16 de maio.

De acordo com a Associação Europeia das Sociedades Celíacas (Association of European Coeliac Societies) existem aproximadamente 7 milhões de pessoas na Europa que sofrem desta doença.
Não há cura nem medicação para a doença celíaca. O único tratamento é uma dieta rigorosa sem glúten para toda a vida.
A doença celíaca afeta um em cada 100 indivíduos geneticamente predispostos, que desenvolvem uma inflamação do intestino delgado após exposição ao glúten ingerido.
  1. Viva a vida!!(e não a doença)
    • Ser Celíaco (ou ter um familiar celíaco) é só uma ínfima parte da sua vida (ou da vida do seu familiar). A doença celíaca deve, por isso, ocupar o espaço que merece no seu dia a dia – muito pequeno. O resto do tempo dedique-o às coisas verdadeiramente importantes e prazerosas.
  2. Foque-se na solução
    • Informe-se, junto de fontes credíveis (o seu médico, a APC,…), sobre o que é a doença celíaca e o que está ao seu alcance fazer para a controlar e melhorar o seu estado geral de saúde. Respeite escrupulosamente as prescrições. Faça a sua parte – não desperdice energia a tentar atuar sobre o que não controla.
  3. Simplifique
    • Depois de adquirido o ritmo, é muito fácil cumprir com todas as prescrições inerentes ao facto de ser portador (ou ter uma familiar portador) da doença celíaca, por isso, procure tornar os novos hábitos o mais compatíveis possível com a rotina familiar normal
  4. Faça uma Dieta Equilibrada e Saborosa
    • Ser portador de doença celíaca, comer bem e ter prazer no que come são perfeitamente compatíveis. Respeitando as restrições da isenção de glúten, encontre formas de manter uma dieta equilibrada, e de continuar a comer o seu tipo de alimentos favoritos (na APC encontrará uma ajuda preciosa).
  5. Celebre as Conquistas
    • Festeje o facto de saber que pode continuar a comer pastéis de nata (já existem no mercado variantes sem glúten), ao invés de ficar a chorar porque ainda não existe Pão Alentejano.
  6. Partilhe e Interaja
    • Partilhe as suas dúvidas, receios, inquietações, mas também os seus sucessos, as suas receitas, e a sua forma positiva de encarar a vida. Fuja do isolamento.
  7. Desdramatize – é só uma intolerância alimentar!
    • Ser portador de doença celíaca é compatível com tudo o que é realmente importante para a qualidade da sua vida (ou para a vida do seu familiar).
  8. Inscreva-se na APC
    • Tem acesso a informação rigorosa e de grande utilidade para facilitar o seu dia-a-dia e/ou o do seu familiar.
  9. Participe nos Encontros e Workshops da APC
    • Contacte com pessoas que já têm mais experiência de controlo da doença, partilhe questões, peça dicas, recolha receitas,…, DIVIRTA-SE!
  10. S☺rria, após o diagnóstico deixará de ser doente e passará a ser Celíaco!!
Fonte: https://www.celiacos.org.pt/doenca-celiaca/a-doenca-celiaca.html e www.sns.gov.pt/
Comentários